Maisumamãe
 

17 Janeiro 2017

Bolo de baunilha sem ovos (vegan)

 

Ingredientes

3 c.sopa de óleo de coco

100g de açúcar mascavado

200g de farinha integral

100g de farinha de trigo

150g de leite vegetal – utilizei de aveia

1 c.sopa de fermento em pó

1 vagen de baunilha

 

Mãos-à-obra:

1) Bater o óleo de coco com o açúcar na batedeira ou bimby até ficar cremoso

2) Cortar a vagem ao meio com uma faca afiada

3) Aquecer um pouco o leite vegetal com a vagem de baunilha

4) Deixar o maravilhoso aroma da baunilha soltar-se, enquanto o leite arrefece um pouco

5) Retirar a vagem do leite, serve para utilizar uma segunda ou terceira vez

6) Juntar o leite vegetal ao creme de óleo e açúcar e mexer bem

7) Acrescentar as farinhas, o fermento e mexer para misturar. Não mexer muito, apenas misturar

8) Untar uma forma com azeite ou óleo de coco e polvilhar com farinha

9) Colocar a massa e levar ao forno pré-aquecido, cerca de 30min

10) Fazer o teste do palito para ver se está pronto

11) Deixar arrefecer um pouco e desenformar.

 

Utilizar ovos numa receita tem vários propósitos. Ligar os ingredientes, deixar a massa mais húmida ou mais macia. No caso das claras, para ajudar a massa a crescer, entre outros efeitos. Quando se pretende algum destes efeitos, ao retirar os ovos, pode ser necessário substituir por outros ingredientes. Linhaça, maçã, vinagre de sidra, fermento, leite vegetal, são algumas das opções.

 

A baunilha é um ingrediente poderoso! Trata-se de uma vagem proveniente da flor orquídea, que segundo o que li, é a segunda especiaria mais cara do mundo, o açafrão está em primeiro. É bastante cara pois tem uma reprodução difícil e um processo de preparação moroso. Mas bem aproveitada compensa. Há várias formas para aproveitar melhor a vagem: aquecer algumas vezes em bebida vegetal ou leite, fazer extracto de baunilha, fazer açúcar baunilhado e outras ideias que circulam por aí pelo mundo da internet. Neste caso utilizei a vagem e as sementes. Mas também podia ter raspado as sementes, utilizá-las no bolo e guardar a vagem para secar e triturar. A baunilha em pó também pode ser uma opção, apesar do sabor ser menos intenso que a vagem. Estas biológicas da Biovegan, têm um preço bastante apelativo. Outra opção são estas na Puro Sumo.

 

CIMG0072.JPG

Comprei a baunilha na loja Maria Granel

 

CIMG0203.JPG

Utilizei este óleo de coco, é mais barato do que aquele que comprava no continente e bom na mesma


11 Fevereiro 2015

Bolo de Iogurte

 

Ingredientes

1 iogurte natural sem açúcar (pode ser um iogurte caseiro)

3 medidas de farinha integral

½ medida de azeite

1 medida de açúcar mascavado (por não ser refinado, é uma das minhas opções quando preciso de açúcar)

5 ovos

1 c. chá de fermento

Nota: 1 medida corresponde a 1 copo do iogurte utilizado

 

Mãos à obra:

1) Bater as claras em castelo, com metade da medida do açúcar

2) Bater as gemas com a outra metade do açúcar. Esta é a fase em que gosto que a batedeira trabalhe bem!

3) Em seguida juntar os restantes ingredientes e misturar bem. Gosto de misturar muito bem a massa do bolo de modo a ficar bem homogéneo. Porquê? Porque fica mais fofo e coze melhor!

4) Juntar as claras batidas em castelo. Agora, mexer com a colher para não quebrar. Mexendo com a colher nesta fase, a massa fica mais leve e fofa

5) Colocar a massa numa forma untada com azeite e polvilhada com farinha

6) Colocar no forno pré-aquecido a 180º , 20 a 30 minutos. Após cerca de 20 minutos já pode abrir o forno para ver se está bom, costumo espetar um palito no meio. Se vier pegado ainda precisa de mais um pouco, se sair limpinho está pronto.

 

A expert neste bolo é a minha cunhadita, aliás foi ela quem me deu a receita e eu adaptei-a. Ficou para lá de saboroso, apesar de ter aquele “vesúvio” de um dos lados. Penso que foi devido à temperatura do forno, em média é a 180º mas varia conforme os fornos, talvez no meu terá que ser a 190º. Os bolos querem temperaturas quentinhas.

Este foi o bolo que levámos para a Ama, para cantar os Parabéns com os coleguinhas. A Gaby adora! Na verdade no que toca a comida ela adora muita coisa, mas este especialmente.

 

Bolo de iogurte

 

Às quartas-feiras o lanche na Ama costuma ser pão. As outras crianças levam pão, no entanto muitas vezes levam bolo. Claro que a Gaby vê e também quer, então a ideia de alternar o pão com uma fatia deste bolo é uma solução. Tento sempre enviar-lhe um lanche mais saudável, mas de alguma forma parecido com o lanche das outras crianças de modo a diminuir ou dissuadir diferenças.

 

Amanhã temos outra receita!


Julho 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

8 seguidores

pesquisar
 
blogs SAPO