Maisumamãe
 

08 Janeiro 2015

A Gabica fez dois anos em Dezembro. O ano passado fizemos a festinha do primeiro aniversário numa quinta maravilhosa aqui. Muito obrigada à Quinta do Senhor da Serra! Este ano após perceber que não tinha um espaço em conta (ou seja que não fosse muito caro para o orçamento disponível), decidi que a festa de aniversário seria em casa.

Bela decisão! Como colocar as várias crianças e seus pais num t2 e num dia à partida de chuva? Decidi arriscar!

Comecei a preparar as coisas com um mês de antecedência. Parece muito mas na verdade devia ter começado ainda mais cedo tendo em conta que decidi fazer tudo, comida, brindes para as crianças, decoração e tudo mais.

Contei com a preciosa ajuda do mano, da cunhada e da avó. Sem eles não teria sido possível ser como foi e mesmo assim escaparam coisas que tinha pensado e não deu para fazer.

 

A decoração e os brindes

O tema da festa foram os piratas, pois a Gaby intitula-se de pirata "Iata Iela" = Pirata Gabriela. Escolhido o tema, comecei as pesquisas e a elaboração dos convites, dos marcadores para a comida, do cartaz e dos brindes. Confesso que esta parte sim, deu um trabalhão e sozinha em apenas um mês seria impossível. Isto pensando que não se trata de um mês útil de trabalho e sim as horas livres para tal, que são quando não estou a trabalhar e quando estou em casa com a Gaby a dormir ou entretida com algo. Aqui a ajuda de familiares foi muito importante.

 

Em baixo os resultados:

CIMG0169 (2)

Baús de tesouro - fizeram as vezes de saco surpresa entregues no final da festa

 

CIMG0165 (2)

Dentro dos baús estavam moedas (não eram de chocolate, eram moedas de brincar), um chupa caseiro sem adição de açúcar, balões, uma maçã (escolhi maçãs pequenas) e fitas de carnaval

 

CIMG0234

Brinde para as crianças - em vez de comprar aqueles brindes standards (que até dão jeito quando temos pouco tempo), fizemos uns binóculos de piratas. Aprendi a fazer num Workshop de Brinquedos para Crianças com a Horas de Sonho

 

Cartaz

Cartaz dos Parabéns improvisado - não me lembrei de comprar material para  fazer o cartaz, então já na véspera fizemos este com o material que tinha em casa

 

Cartaz_pormenor

Pormenor no cartaz - coloquei um marcador com os nomes de cada criança convidada! Ficou giro, mais personalizado e foi mais uma forma de demonstrar que a festa era para todas as crianças presentes

 

Em relação à comida, parte da mesma foi feita por mim e outra parte feita pela família (ajudas cruciais). Optei por fazer tudo caseiro, sem adição de açúcar (ou com quantidades reduzidas), com farinha integral e sem carne. A bimby ajudou bastante, em posts seguintes vou tentar colocar algumas das receitas.

Tinha duas mesas na sala pelo que optei por colocar numa delas os doces e na outra os salgados. Segue a lista de iguarias presentes:

Bolachas de limão com sementes de chia

Bolo de iogurte

Espetadas de frutas

Maçãs reinetas assadas (escolhi maçãs pequenas)

Mousse de chocolate

Compota de abóbora com nozes

Compota de abacate

Chupas de morango e pêssego

Gomas de ananás e morango

Bombons de chocolate negro

Gelatina de morango, pêssego e ananás

Pipocas

Muffins salgados de cenoura e cogumelos

Quiche de legumes

Enroladinhos de salsicha de soja

Mini-empadas de espinafres

Mini-croquetes de atum

Mini-rissóis de pescada

Paté de atum e de azeitonas verdes

Mini-tostas integrais

Pão integral com queijo e fiambre

Caldo-verde

Néctar de manga

Limonada

Sumo de laranja

Bolo de aniversário – Alfarroba

 

Bombons caseiros - chocolate negro 70%, alguns recheados com avelãs, outros com goji e outros simples

Bombons caseiros - chocolate negro 70%, alguns recheados com avelãs, outros com goji e outros simples

 

ChocolatesPiratas

Piratas de chocolate negro

 

CIMG0184 (2)

Bolo de iogurte

 

Gomas

Gomas de morango - sem adição de açúcar, com gelatina vegetal (agar-agar)

 

Chupas

Chupas de morango e pêssego - sem adição de açúcar, com gelatina vegetal (agar-agar)

 

Chupas embalados

Chupa embalados, prontos para irem para os baús do tesouro

 

CIMG0177 (2)

Bolachas de limão com sementes de chia - sem açúcar, com farinha integral

 

CIMG0208

Quiche de legumes

 

CIMG0210

Mini-empadas de espinafres

 

CIMG0207

Enroladinhos de salsicha de soja

 

CIMG0209

Paté de atum e paté de azeitonas com tostas e bolachas integrais 

 

CIMG0276

Muffins de cenoura e cogumelos

 

CIMG0272

Bolo de Aniversário - Alfarroba sem recheio.  O bolo de aniversário foi feito pela Choc&Cake Factory e estava maravilhoso!

 

Quem disse que uma festa de aniversário tem que ter muitos doces cheios de açúcar, farinhas refinadas e salgados gordurosos? A comida também pode ficar deliciosa (os convidados que confirmem), e com muita graça sendo saudável.

Também tinha outras ideias saborosas para o cardápio, mas acabei por não fazer por falta de tempo e porque na verdade não valia a pena tanta comida. As crianças apenas vão petiscando ao longo da festa, logo não vale a pena fazer tanta comida. Acaba por ficar no frigorífico, não se consegue dar conta de tudo, mesmo distribuindo pelos convidados no final da festa e muita acaba no lixo. Evito mesmo o desperdício de comida, pelo que pessoalmente prefiro não exagerar nas quantidades. Estes três acabei por não fazer, mas ficam para a próxima:

Espetadas de queijo, tomate cherry e manjericão

Egg Muffins

Chupas de banana com chocolate

 

Não queria deixar de referir um aspecto normalmente abordado quando se fala numa festa de aniversário em casa e/ou toda organizada por nós: o pouco tempo que acabamos por dedicar aos nossos queridos filhotes aniversariantes nesse dia. Penso que se pode "compensar" de outras formas e varia conforme a forma de ser dos nossos filhos. A Gaby adora estar com os primos e amiguinhos pelo que para ela é tranquilo e andou entretida com as outras crianças na brincadeira. Realmente não tive todo o tempo com ela, pois acabamos por estar "ocupadas" com os restantes convidados. Mas dediquei a manhã só para ela, em modo de festejo do seu aniversário. Fomos passear de bicicleta os três e acabámos a manhã no parque infantil.

 

Posto isto, ainda bem que decidi arriscar. Foi uma bonita e fantástica confusão, com crianças a correr divertidas pela casa, convidados a chamar pelo meu nome, chocolate na porta do quarto da Gaby e no interruptor, colheres perdidas na casa de banho, elogios à comida e aos brindes... valeu a pena e não me arrependo! Quem corre por gosto...

 

CIMG0307

 

 

 


23 Setembro 2014

Ora aqui está um daqueles post, que tem vindo a ser bastante solicitado pelas minhas amigas!

 

Uma das minhas questões, após a Gabriela completar 6 meses, foi a sua alimentação. Até lá foi o leitinho da mamã e nada de preocupações - uma pequena mastite pelo meio. Depois disso, começaram as minhas dúvidas. O que lhe dar para comer? Quais os alimentos a introduzir primeiro? O que faz bem? O que faz mal? O que causa alergia? Enfim, penso que quase todas as mães passam por isto e é mais do que normal. O problema é receberem e encontrarem várias informações distintas e por vezes contraditórias. Cada fonte diz algo diferentes. “Laranjas? Só aos 9 meses. Ai eu dei aos 6 meses. O pediatra recomenda só a partir dos 12 meses.” Ai meu deus!

Bom, comecei a fazer as minhas pesquisas para começar a decidir-me. Embrenhei-me num mundo de alimentos saudáveis, não saudáveis, saudáveis mais ou menos, recomendados para bebés, não recomendados para bebés, de tudo. Mais tarde pretendo partilhar algumas das pesquisas convosco. Percebi algo que no fundo já sabia, mas que até à data ainda não tinha colocado em prática em relação à minha alimentação: confeccionar eu mesma, grande parte dos alimentos. Passei para a prática a partir do momento em que a Gabriela começou a comer sólidos. Requer algum tempo, que não tenho, mas como sabem as nossas prioridades mudam. E tentar alimentar a Gabriela e a família com alimentação saudável, tornou-se uma das prioridades.

 

Uma das coisas que comecei a fazer foram as bolachas. Percebi que a maior parte das bolachas que temos disponíveis nos supermercados estão cheias de açúcar e mais não sei quantos aditivos desconhecidos. Aquelas mais saudáveis iriam trazer-me um valente rombo na carteira, pelo que decidi começar a fazê-las. Seguem algumas receitas:

 

Bolachas caseiras

Ingredientes:

- 2 bananas bem maduras

- 8/10 galetes de arroz sem sal

- Sementes – opcional

 

Mãos-à-obra:

1) Triturar ou partir as galetes de arroz

2) Triturar, até ficar em farinha, as sementes e esmagar as bananas

3) Misturar tudo numa taça (eu misturo com as mãos)

4) Formar pequenas bolachas e colocar num tabuleiro

5) Levar ao forno cerca de 10 min

 

 

Bolachas de fruta

Ingredientes:

- Fruta cozida e passada (2 pêras e 2 maçãs)

- 1 c.sopa de açúcar mascavado ou açúcar de coco (tem menos glicémia) – até a Gaby fazer 1 ano, não coloquei açúcar. Agora costumo colocar apenas um bocadinho, neste caso 1 c.s. de açúcar mascavado ou geleia de agave. Mas a maior parte das vezes não coloco nada

- 1 chávena e meia de farinha integral (se não tiverem integral, também podem colocar da branca, ou misturar as duas)

- 1 ovo (opcional, passei a dar o ovo inteiro à Gaby (com a clara), após os 12 meses)

 

Mãos-à-obra:

1) Juntar todos os ingredientes numa taça

2) Mexer bem a mistura

3) Dispor colheradas do preparado sobre um tabuleiro grande, forrado com papel vegetal e com as costas de um garfo achatar a massa

3) Levar ao forno pré-aquecido a 180ºC durante 10 minutos

 

Bolachas e aveia e banana

Ingredientes:

- 80 g. de aveia triturada

- 2 c.sopa de azeite (pode colocar 1 apenas)

- 3 bananas bem maduras

- 1 c. sopa de canela (a canela não está indicada para os bebés com menos de 1 ano, até lá pode não se colocar ou colocar apenas uns pozinhos)

 

 

Mãos-à-obra:

1) Triturar a banana ou esmagar com um garfo

2) Misturar todos os ingredientes na bimby ou numa taça à mão

2) Dispor colheradas da massa sobre um tabuleiro grande, forrado com papel vegetal e com as costas de um garfo achatar a massa

3) Levar a cozer em forno pré-aquecido a 180ºC durante 10 minutos.

 

Ficam crocantes por fora e mais moles por dentro. A Gaby (e eu ), gostamos deles assim. Se preferir mais crocante, pode colocar a massa um pouco no congelador (cerca de 8-10min), antes de colocar no forno. Espalmar mais as bolinhas de massa no tabuleiro e deixar que arrefeça no próprio tabuleiro ou num de grades.

 

 

Bolachas de banana e passas

Ingredientes:

- 100 g. de arroz tufado (fiz com aquelas bolachas de arroz e piquei na 1,2,3, até ficar em farinha)

- 100 g. de farinha de milho (fica bem bom com farinha de milho e também já experimentei com farinha integral)

- 2 c.sopa de azeite

- 1 banana

- 1 c. sopa de canela (a canela não está indicada para os bebés com menos de 1 ano, até lá pode não se colocar ou colocar apenas uns pozinhos)

- Passas a gosto (coloco as passas na picadora 1,2,3 até ficarem em pasta, no início fazia sem as passas e colocava duas bananas em vez de uma, bem madurinhas para as bolachas ficarem doces, pois não leva açúcar. Ficam doces com o açúcar natural da fruta).

 

Mãos-à-obra:

1) Juntar todos os ingredientes numa taça

2) Mexer bem a mistura e dispor colheradas do preparado sobre um tabuleiro grande, forrado com papel vegetal e com as costas de um garfo achatar a massa

3) Levar a cozer em forno pré-aquecido a 180ºC durante 10 minutos.

 

Nota - As passas servem para substituir o açúcar, a banana substitui o ovo e o arroz tufado e a farinha de milho substituem a farinha normal.

 

Bolachas Fruta.JPG

 

 

Bolachas Fruta (2).JPG

 

Pode-se usar qualquer uma destas receitas e mudar-se os ingredientes. Costumo tirar um ingrediente de uma e colocar noutra, ou mudar algum ingrediente ou até substituir por outro! Ou seja quando há algum ingrediente numa receita que o bebé não pode comer, ou devido à idade, ou porque é alérgico ou intolerante, substitui-se por outro ou se for uma quantidade pequena não se coloca. A ideia é também irmos fazendo, verificarmos o que gosta o nosso bebé e ir mudando conforme o seu gosto. Mãos-à-obra!

 

Fonte das receitas, posteriormente adaptadas:

Grupo de Apoio “Entre Mães” – FB, Agosto 2013


Julho 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

8 seguidores

pesquisar
 
blogs SAPO